Muitos fotógrafos têm o sonho de alavancar de vez o próprio negócio. Torná lo realidade pode ser relativamente fácil, basta dedicar atenção especial às vendas.

Vender, muito mais do que fornecer um produto em troca de determinado valor em dinheiro, é lidar com estratégia e emoções. É preciso que o profissional esteja atento às tendências do mercado, às exigências da clientela e que possua boas técnicas de pós venda; do contrário, corre o risco de ser ignorado.

Confira neste post as 5 dicas que preparamos para que você obtenha êxito como fotógrafo e faça suas vendas decolarem.

1. Apareça… e cresça!  

Quem não é visto, não é lembrado – parece clichê, mas é a pura verdade. Um fotógrafo que não torna o seu trabalho visível não é requisitado. O motivo é bem simples: os clientes em potencial não fazem ideia de sua existência nem do tipo de serviço que ele presta.

Para mudar esse quadro, você precisa estar no lugar certo, na hora certa. Um modo eficaz de fazer isso é criar uma presença online. Muitos podem questionar a validade das relações virtuais, mas o fato é que, como ferramenta de trabalho, a internet pode ser bastante útil. Atualmente, ela é o meio mais rápido e seguro de conectar pessoas que talvez nunca entrassem em contato de outro modo, como você e seu cliente.

Contudo, ter uma presença online não se resume a apenas possuir contas em redes sociais e postar fotos no seu site. É necessário que você realize atividades marcantes e chamativas, mantenha seu portfólio atualizado, produza conteúdos relevantes e se mostre disposto a ajudar. 

Outro modo entrar no radar do seu público-alvo é firmar parcerias com casas de eventos, salões de festas e equipes de filmagem, o que pode agregar valor ao seu ofício. Para tornar a proposta atraente a seus futuros parceiros, mostre a qualidade do seu trabalho e ofereça preço e produtos diferenciados. Geralmente, as pessoas que buscam o tipo de serviço fornecido por essas empresas também estão à procura de um fotógrafo.

Nos cenários em que a parceria for concretizada, o benefício é mútuo – a empresa parceira pode oferecer um produto adequado à necessidade do cliente e você consegue aumentar as vendas na fotografia.

2. Mostre o valor do seu trabalho

Algumas pessoas não entendem os fatores que determinam o valor de um serviço fotográfico. “Você não pode cobrar tão caro só para apertar um botão”, elas dizem. A verdade não poderia estar mais distante dessa ideia, e muitas vezes só o fotógrafo sabe o quanto seu trabalho pode ser extenuante.

Em um mercado tão competitivo como o da fotografia, muitos clientes ainda utilizam o preço como critério decisivo. Seu papel é apresentar o seu serviço e todas as vantagens únicas inerentes a ele: seu ponto de vista singular, seu conhecimento técnico e todas as suas habilidades profissionais. 

Não entre na guerra pelo preço, afinal qualquer um pode cobrir orçamentos.  Em vez disso, exponha o valor real do seu trabalho e ganhe os clientes através daquilo que é mais importante: excelência, dedicação e comprometimento.  

3. Mantenha seu trabalho em dia 

Uma das maiores frustrações que o seu cliente pode ter é saber que o álbum pelo qual espera com tanta ansiedade não vai chegar na data combinada. Além da insatisfação causada, o atraso deixa a péssima impressão de que houve falta de profissionalismo da sua parte e reduz drasticamente a possibilidade de uma nova venda.

Isso ocorre porque, ao fechar um negócio, você não vende apenas a cobertura de um evento e a entrega de um álbum. O cliente espera de você um conjunto completo de procedimentos que atenderá a sua demanda e resolverá seus problemas. Ao atrasar ou entregar algo aquém do combinado, por exemplo, você está dizendo que não é um profissional confiável e que repetirá os mesmos erros, se tiver a chance.         

Para evitar isso, organize se e divida a total extensão de seu trabalho – desde o tratamento e a edição das imagens até a diagramação e a confecção do álbum – em processos menores, estipulando prazos razoáveis para o cumprimento de cada um deles. Você não tem de tornar claro para o cliente todos os detalhes envolvidos. O que ele realmente precisa saber é a data limite para a entrega do produto final – esse prazo deve ser informado explicitamente no contrato.

Se você optar por terceirizar os serviços de pós produção, é sua responsabilidade direta acompanhar o andamento deles. Você deve se certificar de que nenhuma eventualidade nessa etapa do trabalho arruíne todo seu esforço. Uma edição muito saturada no Photoshop ou uma diagramação fora daquela que foi pré estabelecida podem causar desconfortos enormes. Você não deve deixar que nada disso chegue até o cliente, mesmo que esses serviços não pertençam diretamente ao seu escopo. Lembre-se, você é a pessoa responsável por fornecer uma solução completa, portanto, se algo der errado, o problema também é seu!  

Ainda assim, se o atraso ou outro imprevisto se tornarem inevitáveis, comunique a seu cliente com a maior antecedência possível. Essa atitude demonstra preocupação em satisfazê-lo, deixando o predisposto a continuar negociando com você.

4. Entregue mais do que o combinado  

Se por um lado o atraso gera frustração e pode impedir uma transação futura, quando nos dispomos a superar as expectativas do cliente, o resultado é exatamente o oposto: muito mais vendas.

O segredo para alcançar esse objetivo é prometa menos. Pode parecer estranho e prejudicial a seus negócios, mas esse princípio funciona porque você não vai enganar seu cliente, prometendo algo que está fora de suas possibilidades, mas irá surpreendê-lo, estando sempre à frente da programação planejada e pronto para dar mais do que ele está esperando.  

Suponhamos que você leve cerca de 15 dias para editar as fotografias de um evento, e que planeje entregá las imediatamente após esse tempo. Nesse caso, estenda o prazo um pouco, contando que alguma eventualidade aconteça. Se tudo correr bem, seu cliente poderá ter o produto final em mãos com vários dias de antecedência.

Essa surpresa positiva pesa muito na decisão de fechar um novo negócio. Seu cliente vai se lembrar de como você foi eficiente e dedicado e vai esperar os mesmos resultados.

Dar bônus e pequenos brindes é outro modo de surpreender. Imagine como sua clientela ficará feliz em saber que, depois de acertar todos os detalhes do contrato, ganhará uma lâmina extra no álbum ou um ensaio externo. Use a sua criatividade: se seus clientes apreciarem, ofereça uma garrafa de vinho, redija, à mão, uma carta agradecendo pelo fechamento do negócio, etc. O objetivo aqui é trabalhar a parte emocional ligada às vendas, a fim de estimulá-las, e fortalecer o vínculo entre você, fotógrafo – e vendedor – e seu público alvo. 

5. Mantenha contato

Uma venda não se resume ao ato da assinatura de um termo legal, nem à prestação do serviço propriamente dito. Vender é estabelecer relações que satisfaçam seus clientes e tragam lucros para você. Por isso, um dos piores erros que você pode cometer é desaparecer após o fechamento de um negócio ou a cobertura de um evento.

É exatamente nesses pontos que a relação deve se estreitar, porque inúmeras oportunidades de venda surgirão. Ainda que seu cliente, já na primeira reunião, apresente tudo aquilo que espera do seu trabalho, você pode – e deve – analisar se possui algo a seu dispor que pode melhorar a experiência dele.

Se ele te contratou para fotografar uma festa de 1 ano, você pode oferecer lhe uma sessão smash the cake, por exemplo. O mesmo vale para noivos e debutantes. Após a assinatura do contrato, caso eles não solicitem esse serviço, entre em contato para ofertar sessões prévias, confecção de pôsteres e artigos personalizados com as fotografias. Exponha as vantagens da aquisição desses produtos, e se valendo dessa interação, crie oportunidades de novas vendas.

Dedicar se aos clientes nesse período pós venda é vantajoso porque demonstra empatia e proporciona recordações agradáveis. Mesmo que eles não venham a requisitar seus serviços novamente, irão se lembrar do modo como foram tratados e não hesitarão em indicar o seu trabalho com entusiasmo.

Se você curtiu essas dicas e quer aprender mais sobre o assunto,siga nossas páginas no Instagram e no Facebook e esteja sempre atualizado para aumentar as vendas na fotografia!