fotologia

Fotologia 030 – Coisas que não te falaram sobre trabalhar com fotografia

  • CONVIDADO

5 de junho de 2016

Não é nada fácil. Quando compramos nossa primeira câmera e resolvemos começar a dar nossos passos na fotografia profissional, muitas vezes não imaginamos o real tamanho dos desafios que esse mercado possui. No programa de hoje, os Vanassis trazem uma visão realista de vários aspectos que não te contam quando você decide viver de fotografia e ajudam os fotógrafos a entenderem um pouco melhor o seu papel, para poderem se preparar e criar estratégias para vencer as dificuldades mais comuns da profissão dos cliques. Acompanhe a gente, junto com o convidado Rafael Vaz, para conhecer o lado cinza da fotografia e refletir sobre como driblar as dificuldades para fortalecer sua carreira.

O FOTOLOGIA VEM ATÉ VOCÊ COM APOIO DE:

Indimagem S2

seox logo fotologia

LINKS CITADOS NO EPISÓDIO:

PRÊMIO INDIMAGEM FOTOLOGIA: Tema – Mãe

Data limite: 10/06/2016

Regras:
– Imagens de no máximo 1MB de tamanho
– Envio somente para contato@fotologia.net
– Assunto do e-mail: “Prêmio Indimagem”
– Apenas uma imagem por fotógrafo
– Sem marca d’água na imagem
– Sem nome do fotógrafo no nome do arquivo
– Fotos em anexo no e-mail, não inseridas dentro do corpo da mensagem

Envie suas fotos para nosso e-mail contato@fotologia.net e concorra a um Fotolivro Premium da Indimagem e o prestígio do Fotologia. =)

ADICIONE NOSSO FEED: 

http://www.fotologia.net/feed/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

contato@fotologia.net

Whats do Fotologia: +55 (54) 9166-1840

DURAÇÃO: 91 min

EDITOR: Leonardo Amaro (Aerolitos.com.br)

ASSINE O PROGRAMA GRATUITAMENTE:
Assine no seu celular e receba os episódios automaticamente (clique aqui e assista um video ensinando) ou aperte o botão PLAY abaixo para ouvir esse programa. Você também pode fazer download do arquivo no formato MP3 clicando em BAIXAR abaixo do player (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como). Mais abaixo também existem opções para assinar em iPhones e Androids.

Para Androids recomendamos o App CastBox

  • Diego Cunha

    Fala, Vanassis!
    Acabo de consumir minha dose semanal de Fotologia, agora já posso começar bem a semana.

    Me identifiquei demais com o tema abordado nesta edição.
    Trabalho com fotografia a cerca de 5 anos, tendo dedicado os últimos 2 anos à fotografia social. Apesar disso, ainda me considero um entrante no ramo, pois tenho uma jornada dupla.
    Sou contador, trabalho de segunda a sexta em um escritório, restando para a fotografia apenas as noites, que geralmente são aproveitadas para edição, e os fins de semana, quando acontecem a maioria dos eventos.

    Tenho um desejo enorme de colocar a fotografia em primeiro plano neste cenário, mas no momento não é possível, pois me caso no fim do ano e vocês sabem o tanto de grana que gastamos nisso.

    Quando o Rafael falou sobre o fotógrafo dele ter largado a contabilidade para viver de fotografia, admito que meus olhos brilharam (rsrsrs), mas acho que ainda tenho um pouco de receio de largar tudo e arriscar na fotografia.

    A contabilidade me ajuda bastante a desenvolver estratégias de redução de custos e aproveitamento de recursos, creio que a junção das duas profissões pode me dar uma chance de ter sucesso no mercado.

    Gostei muito de tudo que foi dito por vocês, sem querer me ajudaram bastante a abrir os olhos.

    Obrigado por tudo, e tamo junto!!!

  • Alô Alô irmãos Vanassi e meu amigo Vaz, o tímido que soltou a voz e falou “bonito”… ahahah … Show este tema… realmente é pouco comentado entre os fotógrafos, consequentemente o mercado no geral sofre e os iniciantes entram num buraco sem fundo.

    Parabéns pelo tema!

    Aguardando o próximo!

    • fotologiacast

      Valeu mano! Abração!

  • Tava pensando em fazer uns bicos de fotografo, mas depois desse episódio vou pensar mais um pouco hahaha! Muito bom galera!

  • Renata Pineze

    Acabei de conhecer o podcast e adorei!! Amei a abordagem direta e não idealizada dessa nossa área cheia de profissionais que não cansam de repetir o tão famoso mantra do “faço por amor”. Foi muito bom ouvir colegas de profissão com um posicionamento realista discorrerem sobre pontos super pertinentes e importantes. Parabéns, pessoal!

    • fotologiacast

      Valeu! =)

  • zulkben

    eita cheguei atrasado na discussão kkkk geralmente domino os comentários mais cheguei tarde nesse kkkkkk mais deixando de besteira e indo direito pro papo. O que me chamou muita atenção entre vários temas abordados (todos muito massa), foi a “concorrência” com os camaradas “fotógrafos extras” contratados não sei por quem, que não vivem disso, e conseguem as vezes ser mais rápidos que a gente e postam tudo no dia seguinte. Realmente isso é muito triste. A Grande maioria dos fotógrafos que conheço tem raiva do iniciantes, eu ja sou na maioria das vezes um defensor deles, e uso parte do meu tempo pra orientar os iniciantes e dar um pouco mais de conhecimento, pois assim eles podem começar bem melhor, ser mais competitivos e “atrapalhar bem menos”a gente. Muitos fotógrafos experientes escondem muito informações querendo ser os únicos bons, mais eu penso o contrário, eu acho que se eu fizer os iniciantes serem melhores, vai melhorar minha vida e muito (acho ate que nosso amigo convidado falou uma frase parecida com isso no inicio do programa), baseado nessa pegada to ate criando um movimento chamado zulkcast pra ajudar muito os meu concorrente/parceiros iniciantes ou experientes. pois se todo mundo evoluir é muito melhor pra mim. MAIS TEM UMA COISA QUE TENHO RAIVA, SAO DO AVENTUREIROS, DOS BIQUEIROS. Iniciante é um coisa, aventureiro é outra. E acho q na maioria das vezes são esses aventureiros que estragam o negocio. Hoje em dia todo mundo quer ser fotografo. quando eu digo isso, nun to querendo dizer que todo mundo quer virar um profissional de fotografia, e sim, brincar de tirar foto mesmo. e isso sem duvida atrapalha muito a gente que vive do negocio. Isso é o mesmo que eu ir nun show da ivete e ligar meu carro de som bem alto e querer cantar la também. é o mesmo que eu ser bom de lábia e querer ser advogado também. é o mesmo eu saber fazer massagem na minha namorada, e dizer por ai que eu sou fisioterapeuta e oferecer massagem pela metade do preço, indo na casa da pessoa e por ai vai. Uma coisa eu eu saber executar um trabalho, ou coisa é eu ser profissional. Um coisa é eu ser fotografo, saber fotografar perfeitamente bem, ou coisa é eu ser profissional. Acho que so os profissionais podem prestar servico. Na minha opinião fotografo profissional não necessariamente é o cara que é um fotografo excelente não, ele não precisa ser o melhor do mundo não pra ser considerado profissional. Profissional é o que vive que aquele negocio, é o que estrutura um negocio, é o que que vive prestando aquele servico. Fotografo amador, não necessariamente é um fotografo ruim, e sim o que não vive profissionalmente daquilo. por isso um fotografo amador não pode atrapalhar um trabalho de um profissional. do mesmo jeito que eu sou um ótimo cantor, mais não vivo disso, não trabalho com isso, eu não tenho o direito de ir cantar e atrapalhar o show de ninguém. infelizmente as pessoas não se dao conta disso na fotografia. o profissional precisa ser bem definido. na grande maioria das profissões os amadores por melhores que sejam em um determinada área, não atrapalham os profissionais, inclusive porque é proibido. por exemplo, mesmo que eu seja um super estudante autodidata da saúde, eu não posso passar remédio, pois não sou profissional medico. isso é proibido. POR ISSO EU DEFENDO COM UNHAS E DENTES A REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE FOTOGRAFO. ele pode nos proteger do aventureiros, dos amadores, dos sem compromisso, pois realmente é difícil a gente concorrer com todo esse pessoal. a gente se mata pra tentar criar mais coisas pra nada. Se pelo menos eu tivesse inovando e me esforçando e mudando minha estrutura de trabalho pra concorrer com outro profissional inovador da cidade que esteja domingo tudo, valia a pena. mais lutar pra concorrer com milhões de fantasmas não da. A regulamentação sem duvida pode nos ajudar nisso. Muita gente entende q ela vai dificultar o iniciante de ser fotografo profissional. mais isso não tem nada haver. todos pode começar e estudar e ser qualificar e ser profissionais, pois os iniciantes que queiram ser profissionais sempre vão e devem existir. Agora sem duvida a regulamentação vai controlar os aventureiros, os biqueiros. ou o cara é profissional habilitado pra trabalhar ao não é.