fotologia

Fotologia Podcast 014 – Faculdade vs Workshops: Onde é melhor estudar foto?

  • CONVIDADO

5 de fevereiro de 2016

Nessa edição: Dia de polêmica no Fotologia! Discussão direta e reta sobre ensino universitário de fotografia vs workshops de foto. Onde é melhor estudar? Será que é só a faculdade que faz bons fotógrafos? Envolva-se nesse papo intenso com a participação do professor André Mansano.

O FOTOLOGIA VEM ATÉ VOCÊ COM APOIO DE:

Indimagem S2

LINKS IMPORTANTES DO EPISÓDIO:

VENCEDORES DO PRÊMIO CALOR:

1º Lugar – Guilherme Bastian (Guaporé / RS)

www.guilhermebastian.com

 

 

 

 

 

 

 

2º Lugar – Diogo Dubem (Rio de Janeiro / RJ)

2 Diogo Dubem

 

 

 

 

 

 

 

3º Lugar – Beatriz Beltrame (Florianópolis / SC)

3 Beatriz Beltrame

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NOVO PRÊMIO INDIMAGEM FOTOLOGIA: Tema – Olhar 43

Envie suas fotos para nosso e-mail contato@fotologia.net e concorra a um Fotolivro Premium da Indimagem e um like do Fotologia. =)

ADICIONE NOSSO FEED: 

http://www.fotologia.net/feed/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

contato@fotologia.net

DURAÇÃO: 79 min

EDITOR: Leonardo Amaro (Aerolitos.com.br)

INFORMAÇÕES:
Assine no seu celular e receba os episódios automaticamente ou aperte o botão PLAY abaixo para ouvir esse programa. Você também pode fazer download do arquivo no formato MP3 clicando em BAIXAR abaixo do player (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como). Mais abaixo também existem opções para assinar em iPhones e Androids.

  • Luis Cortelini

    Cara, me senti na obrigação de comentar sobre esse episódio. Vai ser longo, mas espero que leiam…
    Sou aluno do curso de Fotografia de uma das universidades particulares da região, cujo nome não vou mencionar mas todo o mundo que me conhece sabe. hahaha
    A princípio o curso que eu tinha intensão de entrar era sistemas de informação, mas vestibulei também pra fotografia, já que pretendia continuar atuando na área, e acabei ganhando uma bolsa do prouni, então hoje tô finalizando o curso, faltando apenas o tcc 2.
    Conheço a grade curricular de mais algumas universidades do RS, alunos dessas outras, e alguns professores… e o meu parecer sobre o curso é: Se eu tivesse que tirar o dinheiro do meu bolso, jamais teria feito! NÃO VALE A PENA! Independente da instituição….
    Vamos aos pontos:

    – O curso é totalmente superficial na questão mercadológica, se é que pode se chamar de superficial, existe só uma cadeira que aborda a questão de mercado, e de forma geral, nada direcionada a fotografia, uma cadeira que engloba vários cursos ao mesmo tempo e fala mais sobre abertura de empresas;

    – A parte técnica analógica, ok… é válido, existem algumas cadeiras interessantes sobre laboratório, fotografia analógica, etc…mas o conhecimento técnico digital dos docentes é extremamente defasado, alunos chegam no quarto semestre e não conseguem entender as propriedades estéticas da imagem final devido à escolha de abertura ou velocidade tal, simplesmente aprenderam que o indicador do fotômetro tem que ficar ””””no meio”””’….sobre flash off câmera chega a dar vergonha de falar que nunca tive uma aula, tudo o que tivemos foram aulas de estúdio com os flashs de estúdio da mako;

    – Existe uma forçação de barra pra que tu seja ”autoral” e artista ao extremo, e que evite áreas ”saturadas” como casamento, newborn, ou coisas do tipo… certa vez peguei um professor conversando com outro aluno e soltando a frase: ”fulano tinha tanto talento, pena que acabou fazendo casamento”… é meio que um demérito ser fotógrafo comercial pra alguns professores…

    – A grade curricular é encheção de salame, os coordenadores defendem o ponto de vista de que todas as cadeiras são fundamentais pra formação de um fotógrafo, mas grande maioria delas não tem muito a ver com fotografia, falta muita coisa ser ensinada, muita mesmo. Acho que não chega a 10 o número de cadeiras que eu pude aproveitar e incluir na minha fotografia.

    Poderia escrever um livro sobre os problemas dos cursos de fotografia, e não falo só da instituição em que eu estudo, porque tenho contato com alunos de outras, e são meio que parecidas na maioria dos pontos.
    Acho que o que falta é investimento em pessoas por parte das universidades, material todas tem.

    Se alguém aqui estiver lendo, e pensando em estudar fotografia, fica a dica: Estude qualquer coisa que possa ser seu plano B, de forma acadêmica, e estude fotografia nos workshops.

    Só mais duas coisas, Eduardo… uma cadeira custa em média 1500,00;
    E eu sim fico ofendido quando falam que o bom fotógrafo é o que faz uma faculdade.

    • Thiago Corrêa

      os guris PRECISAM ler teu comentário no próximo episódio. Não fazia fotografia na faculdade, mas conhecia um pouco do curso pelo contato com colegas e algumas cadeiras em comum. É assim mesmo. A formação acadêmica de fotografia parece ser alheia à realidade do mercado brasileiro, ao momento atual da fotografia, tanto da técnica dela quanto do impacto cultural que possa ter.