Muita gente fala que tem problemas com concorrente, que é difícil se relacionar e ter conexão com os companheiros de profissão. Mas nem tudo é o que parece.

Encontros de fotógrafos

Um exemplo de encontro que deram certo é o Foto Churras, da Serra Gaúcha. A galera se junta para tudo (conversar, comer, brincar), periodicamente. Dessa reunião já saiu workshops, eventos bacanas, compras coletivas e diversas outras coisas que só são possíveis por causa da união da galera. Esses eventos deram tão certo que eles são patrocinados pelos laboratórios da região, tendo custo 0 para os participantes.

Mais um detalhe importante é a amizade criada ali dentro, isso dá diversas possibilidades e soluções. Desse modo, ficou bem mais fácil conseguir equipamento emprestado, segundo câmera e coisas do tipo.

Outro exemplo muito bom vem da outra ponta do Brasil é o Fotografia dos 3! O Grupo de Natal é composto por Junior Barreto, Wellington Fugisse e Yure Richard. Três caras que se uniram de uma forma  singular que até workshop fazem juntos.

O principal problema

É aquele caso que o concorrente não dá abertura. O cara é fechado e parece uma muralha.

Quer saber como resolver isso?

Dê o primeiro passo. Tome uma atitude, seja humilde o suficiente para isso. Na maioria das vezes, você vai se surpreender com o resultado disso.

Se for alguém que estiver tendo um bom resultado no mercado, provavelmente é gente boa e que sabe ser humano.

Assim que terminar de ler sobre isso, abra o seu facebook e mande mensagem para a galera! Quando você conseguir reunir um grupo de fotógrafos para crescer juntos, comenta aqui que queremos compartilhar essa alegria!

_______________________

Se você curtiu essa discussão e quer aprender mais sobre fotografia, nos acompanhe nas redes sociais e acesse ao fotologia.net, o melhor podcast para fotógrafos com conteúdo inteiramente gratuito para você!

fb.com/fotologiacast
Twitter.com/fotologiacast
fotologia.net

vídeo sobre o assunto: