Iniciar uma carreira é muito difícil e existem alguns erros de fotógrafos iniciantes que podem atrapalhar o desenvolvimento profissional de quem sonha em viver do que ama fazer. Quem pretende ganhar o mercado e ter o trabalho reconhecido, em uma área tão concorrida, precisa estar atento.

Pensando em evitar que você tenha o sonho prejudicado preparamos a lista a seguir que traz alguns dos erros mais comuns entre as pessoas que estão iniciando a carreira de fotógrafo. Leia atentamente a nossa lista e pense se você está cometendo algum deles ou ainda não fez o bastante para superar estes empecilhos.

1. Achar que precisa de equipamentos caros

É muito claro que, para se tornar um profissional da fotografia de sucesso, você precisa dispor de alguns equipamentos fundamentais. Se espera que a pessoa que pretende vender um serviço e lucrar disponha do mínimo necessário de ferramentas para a execução do trabalho. Mas isso não significa que você precisa, no início, ter o melhor que há.

O conhecimento, a técnica, a prática e a experiência fazem com que você consiga obter ótimas fotos com um equipamento relativamente barato. Cartier-Bresson, um dos fotógrafos mais conhecidos e consagrados, fez alguma das suas melhores fotos utilizando câmeras pequenas e de baixo custo. O importante é saber se adaptar.

2. Esperar trabalhos pagos para fazer portfólio

É fundamental que você tenha o que mostrar se pretende oferecer os seus serviços e atrair clientes. Não existe melhor apresentação do que uma fotografia bem-feita para impressionar um cliente em potencial. As pessoas querem ver do que você é capaz e precisam conhecer o seu trabalho.

A boa notícia é que você não precisa esperar que surja uma oportunidade para começar a construir um bom portfólio. Basta que você pratique fotografar no segmento que pretende escolher como principal. Sem a pressão de ser remunerado você pode se soltar e escolher os cliques que trarão os melhores resultados.

3. Acreditar que fotos boas trarão clientes

Ter um material com qualidade para apresentar não significa que você não precisará correr atrás de clientes. É muito improvável que alguém busque te contratar, pelo menos no início da carreira, apenas por ter visto uma fotografia bonita feita por você. Cada cliente conquistado e que fica satisfeito com seu trabalho aumentará suas chances de sucesso.

Mas para conseguir os primeiros você terá que se esforçar muito. A concorrência é muito grande e se você pretende se destacar precisa oferecer mais. Se dedique ao máximo em seus primeiros trabalhos e tenha certeza que conseguiu impressionar. Haja com responsabilidade e com ética, com certeza, outros clientes virão.

4. Limitar a rede de relacionamento

Estar próximo de colegas de profissão é, certamente, uma boa forma de crescer como fotógrafo. Mas você não deve concentrar toda a sua rede apenas entre eles. É preciso que nela hajam outros profissionais que se relacionam de alguma forma com a fotografia. Limitar a rede de relacionamento é um dos erros de fotógrafos iniciantes.

Busque se aproximar e visitar empresas que produzem eventos e organizam recepções. Apresente seu trabalho e conheça as pessoas que trabalham nelas. O fotógrafo pode trabalhar nas áreas mais diversas, como construção civil, registro de partos, desfiles de moda e natureza. Escolha o seu nicho de mercado e se envolva com as pessoas que atuam nele.

5. Não investir em conhecimento

A arte não existe sem a técnica. Embora a fotografia dependa e muito da criatividade, visão e talento, nada disso adiantará se você não tiver o conhecimento necessário. Quem domina as técnicas é capaz de transformar aquilo que imagina em um produto comercializável.

Invista em cursos, workshops e seminários sempre que possível. Eles são uma oportunidade de ampliar os seus horizontes e dão a segurança para que você se apresente como profissional. Além disso, o conhecimento conseguido neles facilitará muito o seu trabalho e o atingimento das suas metas.

6. Descuidar da área comercial

É comum que o fotógrafo concentre todo o seu tempo e disposição para a atividade de fotografar. Principalmente no começo da carreira ele só pensa em clicar e, muitas vezes, descuida das atividades empresariais fundamentais para o seu sucesso. É importante compreender que você é uma empresa.

Atender bem, ter canais para divulgação do seu trabalho e captação dos clientes, como um site próprio e redes sociais, alimentados constantemente e se organizar para responder todos os contatos de forma completa e ágil, entregando orçamentos claros, é fundamental para fazer da fotografia um negócio.

7. Não fazer uma boa gestão financeira

Como em todo empreendimento a sua empresa de fotografia precisa conseguir equilibrar bem as receitas e despesas. É importante que você não só mantenha as contas em dia, mas consiga dispor de capital para investir na ampliação e desenvolvimento do seu negócio.

Seja organizado e documente todos os gastos, mesmo os mais insignificantes. Não de um passo grande demais e procure sempre adquirir as ferramentas que você precisa sem se endividar. Apenas investindo e mantendo as contas sob controle você conseguirá se desenvolver e agregar valor ao seu trabalho.

8. Não escolher um segmento

É claro que quem está iniciando a carreira precisa estar disposto a fazer todo tipo de trabalho. Não tenha preconceitos e se disponha a fotografar sempre que tiver oportunidade. Mas é importante que, conhecendo vários segmentos, você vá descobrindo aquele com o qual você tem a melhor conexão.

Um elemento fundamental para qualquer profissional de sucesso é a paixão e você certamente conseguirá melhores fotos em trabalhos que te emocionam e te tocam de alguma forma. Procure conhecer o trabalho dos fotógrafos que alcançaram sucesso no segmento que você pretende atuar.

Não cometendo estes erros de fotógrafos iniciantes você aumentará as suas chances de se tornar um profissional de sucesso. Esperamos que você tenha gostado do texto e que ele tenha servido para esclarecer você sobre quais comportamentos precisam ser evitados.

Deixe um comentário com as suas dúvidas sobre algum dos itens que mencionamos ou sugestões de acréscimos a nossa lista. Você também pode nos contar como a mudança de comportamento em algum deles trouxe resultados para sua carreira.