Se você é um fotógrafo profissional, ter um plano de negócios para o seu sucesso é uma obrigação. Um dos elementos que devem ser abordados nesse plano está relacionado às estratégias que serão usadas para atrair clientes e incrementar seus ganhos.

Pois é. Quando o assunto diz respeito às suas vendas, não basta apenas ser fotógrafo — você precisa ser empresário, gerir seu negócio e dar lugar ao seu lado empreendedor.

Não sabe por onde começar? Não se preocupe! Separamos as principais práticas para guiá-lo nesse caminho. Confira!

Determine seu público-alvo

Você não aumentará suas vendas se não orientar seu serviço ao público adequado.

Nem todos os clientes são ideais para você — e isso é perfeitamente normal — não queira abraçar o mundo! Definir seu público-alvo é o primeiro passo para implementar sua estratégia de vendas.

Para selecionar corretamente esse grupo de pessoas, existem algumas recomendações a serem observadas. Acompanhe.

Estabeleça sua especialidade

Já imaginou tentar vender um serviço de fotografia corporativa a uma empresa, mas com um portfólio que só conta com imagens de casamentos? Sem um foco de atuação, saber a quem direcionar suas vendas será uma missão impossível.

Para escolher sua especialidade, considere o estilo que você gosta de fotografar, é claro, sem ignorar o retorno financeiro que ele pode proporcionar. Se achar necessário, faça uma pesquisa de mercado para descobrir quais são as tendências fotográficas em alta.

Trace o perfil socioeconômico do cliente

Qual é a faixa etária dos seus clientes? E o seu nível de renda? Onde eles vivem? Esses e outros atributos servem para identificar quem é exatamente o seu consumidor potencial e de que forma você pode chegar até ele.

Quer um exemplo? Suponhamos que você é um fotógrafo especializado em ensaio gestante. Depois de fazer um levantamento, você concluiu que seu público é composto de mulheres entre seus 25 e 30 anos, pertencentes à classe B ou C e residentes na região sul da sua cidade.

Com esses dados em mãos, você poderá entender o comportamento de compra dos seus clientes, adotar uma linguagem próxima e adequada, plantear seus valores, definir a região geográfica onde atuará e muito mais.

Exerça boas práticas de atendimento

Para o fotógrafo profissional, um excelente atendimento é tão fundamental quanto a entrega de um bom material. Você não é avaliado apenas pelos seus cliques, mas também pela forma como se relaciona com o seu público.

Ouça seu cliente

Deixe que seu cliente fale mais do que você. Se você se permitir ouvir o que ele tem a dizer, será muito mais fácil entender o que ele está procurando e, dessa forma, saber precisamente o que vender.

Instigue perguntas e incentive o diálogo! Uma boa dica é questionar o que ele não deseja ou espera do ensaio, já que, normalmente, as pessoas tendem a saber melhor o que elas não querem do que o contrário.

Cumpra com suas promessas

Honre o que se comprometeu a fazer. Se você quer que as pessoas confiem em você e no seu trabalho, é muito importante que esteja sempre disposto a realizar o possível para garantir uma excelente experiência e um ótimo resultado.

Não esquecer ou desconsiderar os desejos do seu cliente, ser pontual nos encontros e entregar seu trabalho respeitando os prazos são alguns exemplos.

Faça o seu cliente se sentir especial

Empenhe-se para atender seu cliente de maneira personalizada. Não o trate como mais um — faça ele perceber que é especial e que você está aberto a compreender suas necessidades específicas. Mostre que você é capaz de se colocar no lugar dele, ser empático e entender seus desejos.

Ofereça pacotes

Se você ainda não montou pacotes para o seu serviço, é interessante fazê-lo agora mesmo! Eles são o alicerce das vendas de qualquer fotógrafo que se preze.

Definitivamente, você já foi cliente alguma vez e, aposto que durante seu processo de decisão de compra, fez uma pesquisa apurada, comparando preços e vantagens entre produtos ou serviços. Na fotografia, não é diferente.

Os clientes buscam uma referência para avaliar se, de fato, o seu serviço corresponde às suas expectativas. É um comportamento comum dos consumidores, portanto, se você não proporciona pacotes, pode perder clientes para o concorrente.

O segredo para acertar na sua oferta de pacotes é brindar três opções. Isso porque as pessoas costumam escolher a opção central, dado o receio de que o mais barato deixe a desejar e de que o mais caro acabe sendo uma “roubada”. Por isso, faça do seu pacote do meio aquele que você realmente quer vender.

Faça programas de indicações de clientes

O boca a boca sempre será um canal de vendas eficiente. Existem algumas maneiras de estimular e tirar proveito desse tipo de propaganda — uma bastante popular é o sistema de indicação de clientes.

Essa estratégia é voltada ao incentivo e à recompensa, isto é — captação de clientes e potenciais por meio de vantagens exclusivas para os que recomendaram ou chegaram até você devido a uma indicação.

Procure elaborar recompensas que sejam memoráveis e atendam às necessidades do seu púbico. Para isso, faça algumas reflexões:

  • quem são e o que posso oferecer para agradar meus clientes?
  • o que vou oferecer será vantajoso tanto para o “indicador” quanto para o “indicado”?
  • posso cumprir com as recompensas garantidas?

Alguns exemplos do que você pode incluir nos seus programas de indicações são:

  • descontos;
  • bônus na compra de pacotes;
  • miniensaios gratuitos;
  • brindes, como camisetas, canecas etc;
  • vale-presente.

Divulgue seu trabalho

Use a Internet ao seu favor. Com isso, não estamos dizendo para criar apenas um portfólio on-line, mas para investir em marketing digital.

O mundo inteiro está conectado e isso também engloba seus clientes, então, como tirar vantagem disso?

Foque em sua estratégia de marketing on-line com três principais ações:

  1. presença on-line: mostre-se para o seu público. Tenha um blog, esteja nas redes sociais, cadastre-se no Google Meu Negócio para aparecer nas buscas do público da sua região etc.;
  2. construção de autoridade: produza conteúdo e seja referência na fotografia profissional não só por meio das suas fotos. Produza artigos, grave vídeos ou podcasts e crie e-books. Encontre um jeito de oferecer valor ao seu público;
  3. técnicas de SEO (Search Engine Optimization): crie seu conteúdo com base nas pesquisas on-line do seu público e apareça nos principais resultados do Google.

Sabemos como as vendas podem tirar o sono de um fotógrafo profissional, por isso, esperamos que essas estratégias tenham sido úteis para você. No fim, tudo se resume a dar o seu melhor e deixar seus clientes satisfeitos.

Ah! E não esqueça de assinar nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!