O ano é marcado por diversas datas comemorativas: Ano Novo, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Páscoa, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal, entre muitas outras. Esses momentos assinalam o compasso das vendas no comércio e faz com que os lojistas possam se organizar em relação ao estoque e às suas finanças.

No mundo das câmeras e lentes, os desafios não são diferentes. Existem as chamadas datas sazonais na fotografia, que representam aqueles períodos em que determinados estilos estão em maior evidência. Assim, os meses seguem certo padrão e são escolhidos para determinados eventos, de acordo com o clima e com a estação do ano.

Pensando nas oscilações desse mercado, trouxemos algumas informações para te ajudar a superar esse revés. Continue sua leitura e veja como se manter operante, 2731mesmo quando a demanda por trabalho diminui. Vamos lá!

Entenda como funcionam as datas sazonais na fotografia

Nos meses de dezembro a fevereiro ocorrem muitas festas de formatura dos cursos de graduação e das turmas do Ensino Médio; maio, por sua vez, é aquele mês com muitos casamentos, sendo amplamente conhecido como o “mês das noivas”; já dezembro aparece com suas tradicionais festas de confraternização, de Natal e Ano Novo.

Nestas épocas, não há grandes problemas em se conseguir trabalho, afinal, projetos temáticos ainda são um grande sucesso. Por isso, você precisa se organizar nesses períodos, de modo a poder ter a liberdade de escolher o trabalho com o melhor custo-benefício para você.

Por outro lado, é importante observar que nos períodos do alto verão nordestino e do inverno intenso no extremo sul do país há uma forte inclinação para a queda dos trabalhos de um fotógrafo profissional. Neste cenário de instabilidade, é fundamental criar oportunidades para continuar mantendo os seus projetos.

Portanto, o mais importante é não se render ao desespero e ser vencido pela frustração. É fundamental desenvolver um plano de resistência para enfrentar este temível marasmo momentâneo e, assim, contornar os altos e baixos da profissão para promover um bom retorno financeiro.

Comece a trabalhar o pessimismo

É sabido que, em momentos de crise financeira, a sensação de impotência frente aos reveses da vida pode acarretar uma série de problemas. O pessimismo, por vezes, é responsável por você gastar a energia que poderia ser investida na busca de aumentar as vendas, sufocando ideias e minando as forças.

Nisso, é muito importante internalizar o fato de que dificuldades acontecem em todos os negócios e acompanham as flutuações de mercado e, infelizmente, a única coisa a ser feita é continuar produzindo — ainda que em menor escala durante as datas sazonais na fotografia — de modo a alcançar novas oportunidades.

Estar pronto para pensar sobre os caminhos alternativos a serem seguidos é uma maneira de manter longe o pessimismo alienante e continuar buscando sempre desempenhar um serviço de qualidade. Desta forma, a imagem passada ao cliente é a de um profissional comprometido, centrado e que mantém sempre a qualidade do serviço, mesmo sob pressão.

Busque arriscar-se mais

Buscar e aceitar novos desafios são ótimas maneiras de manter-se sempre na ativa. Procurar se inovar enquanto profissional pode ser uma boa opção para atravessar épocas em que o trabalho parece escasso. Sendo assim, amplie seu foco de interesse: caso você seja especialista em fotos de casamentos, por exemplo, desenvolva também projetos na área de aniversários.

Arriscar sair da sua zona de conforto pode se tornar uma ótima maneira de encontrar novas formas de expressão, além de ser possível descobrir novos nichos com clientes em potencial.

Aumente sua carga horária

Cogite a possibilidade de aumentar sua carga horária: tempos de crise pedem medidas incomuns. Não que você vá se entregar às rotinas extenuantes de trabalho e focar apenas no retorno financeiro enquanto a vida passa e está repleta de outras experiências e prioridades.

A ideia é compensar as datas sazonais na fotografia, transformando a própria crise em algo esporádico, para que as dificuldades tenham uma data de expiração. Permita-se um tempo para trabalhar mais e, assim, poder manter suas finanças em dia — afinal, preocupações desta ordem podem afetar sua saúde e, até mesmo, a qualidade do seu trabalho.

Entre em sintonia com o mercado

Sendo a fotografia uma manifestação de arte, é necessário que você sempre mantenha uma fonte de inspiração fluindo. Procure saber quais são as tendências, o que está em evidência no mercado, o que se procura, o que se vende e busque maneiras de contribuir com detalhes que são apenas seus.

Esse tipo de insight — que só pode vir de você, por conta de sua própria vivência e bagagem cultural — é a chave para superar dificuldades. Por isso, busque cercar-se de coisas que te tragam inspiração como música, literatura, artes plásticas, cinema. Todo artista precisa de uma fonte inesgotável de possibilidades que possa lhe valer em momentos mais difíceis.

Cultive suas relações de trabalho

Cultivar relações interpessoais não é apenas benéfico para sua saúde mental, como também pode te abrir portas de negócios e possibilitar uma ampliação em seu círculo profissional. Esteja sempre disposto a trocar experiências profissionais com seus colegas para conhecer outras possibilidades e novas formas de ver o mundo.

Ademais, enquanto seres sociáveis, conseguimos elevar nossas capacidades cognitivas quando em contato com outros iguais e, às vezes, uma ideia antiga só precisa de uma repaginada para se apresentar como nova e se transformar em uma tendência de bons resultados.

Toda profissão está sujeita a reveses próprios. Conhecer o seu trabalho, saber o que te inspira, o que você busca e quais são suas próprias pulsões são formas de estar sempre se refazendo.

Reinventar-se engloba, também, a capacidade de ultrapassar obstáculos, sejam eles os de ordem mais simples — como uma sombra indesejada sobre um momento perfeito para a foto — ou aqueles mais difíceis de serem contornados — como as datas sazonais na fotografia.

Gostou das dicas que trouxemos neste post? Então compartilhe-o nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a descobrirem outras saídas para enfrentar os momentos de baixa na fotografia!