Antes de tudo, PAGUE SUAS CONTAS. (finanças para fotógrafos 4/4)

Um dos problemas financeiros mais comuns é o tal do endividamento. Por isso, esse é o último tema da série sobre finanças para fotógrafos!

4º dica de finanças para fotógrafos

Dívida é uma das coisas mais complicadas de lidar. Anteriormente, quando falamos do método 50/30/20, muita gente ficou perdido sem saber o que fazer por causa das dívidas.

Então, é legal ter um celular bacana, um bom computador ou uma câmera nova; mas nem sempre essas escolhas são feitas na hora certa e com a motivação correta. No meio fotográfico, é comum querer os novos modelos de equipamentos para ostentar na frente dos coleguinhas. Além disso, tem aqueles que querem sustentar uma imagem porque virou fotógrafo como se justificasse despesas altíssimas, como comprar o carro do ano financiado em mil vezes. Sem falar nos juros do cartão atrasado e etc!

É claro que pode comprar e aproveitar o fruto do trabalho, mas é preciso prestar atenção nas coisas compradas e no nível de dívidas. Se as compras parceladas impedirem de guardar dinheiro para o futuro, o tipo de comportamento de consumo é destrutivo.  Essas escolhas erradas destroem o nosso próprio “eu” do futuro.

O primeiro passo para guardar dinheiro

Para guardar dinheiro, a primeira coisa que é preciso fazer é pagar as contas. Se aparecer algum conhecido falando que bitcoin ou a bolsa de valores é um bom investimento no momento, não arrisque! Não coloque o seu dinheiro naquilo que é desconhecido enquanto se tem várias dívidas para quitar.

O juros pagos nas dívidas sempre são maiores do que o dinheiro aplicado, raríssimos são os casos em que o retorno do investimento é maior do que de juros.  Se conseguiu alguma estratégia nova para ganhar dinheiro, use essa grana para pagar tudo o que for possível!

Os amigos não vão pagar as contas no final do mês, por isso faça escolhas no nível que você pode pagar. Se a necessidade é de um carro, calcule bem aquele que está de acordo com o seu padrão de vida, não corra atrás de BMW para ser alguém bem visto pelos outros. Talvez aquele carro popular velhinho vai ter um IPVA, seguro e manutenção menor, além disso, ele vai possibilitar a locomoção de mesmo jeito!

Se for fazer escolhas como comprar um apartamento por questões de família, planeje bem! Se algo for bem calculado e pesquisado, não tem problema. Mas se for algo como trocar de celular, comprar uma lente sem necessidade ou trocar de carro, busque primeiro juntar o dinheiro para depois comprar. Mesmo que as lojas digam que o valor de parcelamento é o mesmo da compra à vista, nós sabemos que no mercado sempre tem desconto de pelo menos 5% ou 10% para compras no dinheiro, na hora.

Então, presta atenção nisso porque certamente você terá noites de sono bem melhores! E essa é a nossa mensagem final dessa série de finanças para fotógrafos.

_______________________

Se você curtiu essa discussão e quer aprender mais sobre fotografia, nos acompanhe nas redes sociais e acesse ao fotologia.net, o melhor podcast para fotógrafos com conteúdo inteiramente gratuito para você!

fb.com/fotologiacast

instagram.com/fotologiacast

Twitter.com/fotologiacast

fotologia.net

vídeo sobre o assunto:

//www.fotologia.net" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen>

Assine: iTunes | Android | RSS

Compartilhe isso:

Envie o seu comentário

Últimos Podcasts