Tome cuidado com os custos, mesmo os menores. Saiba que são as pequenas fendas que afundam grandes embarcações. Saber como administrar o fluxo de caixa pode significar a sobrevivência da tua empresa!

Até os custos pequenos?

Muitas vezes o fotógrafo abre o negócio dele e só projeta os custos para as coisas maiores. Ele calcula o equipamento, aluguel, álbuns e esquece uma série de outros custos que também atingem o negócio.

Lá no Vitamina V, os nossos alunos sempre se surpreendem na aula sobre custos, independente dele ser iniciante ou estar num nível mais avançado. Sobretudo, devemos lembrar de todos os detalhes, até mesmo os custos de vigilância, materiais de papelaria, refeições do fotógrafo ou deslocamentos. Enfim, existe uma infinidade de custos que fazem parte da estrutura da empresa e devem ser previstos pelo fotógrafo.

Por exemplo, na questão do deslocamento, se o fotógrafo usa o carro próprio para fazer ensaios e se locomover; a empresa tem que auxiliar nisso. Afinal, cabe a empresa a responsabilidade de custear a gasolina ou parte do seguro, já que o carro está sendo usado no serviço.

Deu para perceber o quanto o assunto é sério? Então, nós queremos te ajudar! Por isso fizemos…

Um mega presente do Fotologia para você!

Para facilitar a sua vida nesses cálculos, nós fizemos uma planilha pra te ajudar! \o//

Assim, você vai ter o controle de tudo na sua empresa! Ela foi pensada para ser bem simples de preencher para você usar muito!

Esse material é totalmente grátis. Agora, você não tem desculpas para não prestar atenção nos custos. Se você quer viver de fotografia, é necessário que você saiba bem tudo sobre os custos – dos pequenos aos grandes. Não esqueça de que são as pequenas fendas que afundam as grandes embarcações. Qualquer vazamento que passe despercebido é dinheiro da empresa indo embora. Dinheiro perdido!

Principalmente num tempo como esse, em que é difícil se diferenciar; qualquer redução nos custos fará você ter maior margem para investir bem e crescer.

Nunca diminua a qualidade

Lembre-se que reduzir custos não é retirar das coisas essenciais que precisam ser entregues aos clientes. O grande desafio é reduzir os custos sem diminuir a qualidade. Quem é bom e tá sério nesse mercado, consegue fazer isso. Esse é o caminho!

Mesmo que você se espante e fique triste com a quantidade de custos, é melhor você preencher e começar a trabalhar com o fluxo de caixa o quanto antes. Não esqueça que mais tempo com “vazamentos” significa mais chances da empresa quebrar. E, algumas vezes, quebram até mesmo de muito vender.

Recomende essa planilha e compartilhe com os colegas, esse é um mega presente totalmente gratuito!

Clique aqui para baixar a planilha. o//

_______________________

Se você curtiu essa discussão e quer aprender mais sobre fotografia, nos acompanhe nas redes sociais e acesse ao fotologia.net, o melhor podcast para fotógrafos com conteúdo inteiramente gratuito para você!

fb.com/fotologiacast
Twitter.com/fotologiacast
fotologia.net