Tá na hora de trocar de câmera?

Será que esse é o momento certo para trocar de câmera?! Ou dar aquele up no equipamento?!

O mercado

O mercado de equipamentos não para de lançar coisa nova. Ainda mais agora com a mudança para as câmeras mirrorless! Quase todo mês tem alguma novidade, é objetiva, luz, flash, led e etc.

Será que o equipamento antigo precisa mesmo ser substituído ou acrescentado?

Mas uma coisa sabemos sobre equipamentos fotográficos: é caro!

Então, vamos lá!

A primeira coisa que você precisa ter consciência é que: o que você está querendo comprar é um investimento, já que é algo para uso profissional e o dinheiro que você aplica nisso vai gerar um retorno financeiro, no qual esse retorno deve ser maior que aquele que você já tem com o equipamento antigo . Essa é a questão lógica para a atualização da maleta de equipamentos.

Quais seriam os retornos efetivos para o teu trabalho de uma câmera nova? Vai te permitir fazer mais trabalhos ou talvez de alguma forma diferente? Vai possibilitar que você venda coisas a mais?

Se a resposta for sim, e você provar em papel que o teu ganho com o equipamento novo é um que você não tem como conseguir com o teu equipamento antigo é provável que esse seja um investimento de verdade! o/

Mas, calminha, é preciso fazer alguns cálculos:

– Quanto é preciso gastar a mais por esse equipamento novo?

– Quanto tempo será preciso gastar para conseguir recuperar o dinheiro de volta depois desse investimento?

– Já se tem cliente para o novo produto?

– Já tem planos de como comercializar o produto?

Quando não é a hora certa:

Se você não tem certeza dessas informações, provavelmente vai estar apenas torrando dinheiro. :/

A gente, como fotógrafo, tem uma relação passional com equipamentos (trocar de câmera é quase um vício) e pensar assim não é tão simples; mas é o modo mais sensato para não fazer besteira num negócio.

É preciso ver se as coisas, que ao trocar de câmera será possível oferecer, serão realmente úteis; se o teu fluxo de trabalho vai fazer uso das coisas que o novo oferece. Na maioria das vezes a resposta é não, a indústria cria necessidades apenas para ter desculpas para você comprar, mas que esses recursos não são tão necessários o quanto parecem.

Pense friamente.

Só trocar de câmera não é investimento. Se você não fizer dinheiro com ela – você já está perdendo dinheiro! Só o fato de pegar uma câmera nova e clicar um pouco nela já significa que o objeto foi desvalorizado, que está perdido e não tem volta, só podendo ser recuperado através de trabalho.

Essa é uma decisão racional, não passional.

Talvez a grana que você tem em mente para o equipamento possa ter mais resultados se for aplicado em estudos, workshops, livros – coisas que vão te permitir coisas novas, mesmo que com o equipamento antigo. Essas novas ideias é que podem te ajudar a criar um novo produto para ter mais mercado. Então, pense bem e sucesso para gastar no que dá retorno! Assim é mais sossegado e tem menos cabeça quente 😛

_______________________

Se você curtiu essa discussão e quer aprender mais sobre fotografia, nos acompanhe nas redes sociais e acesse ao fotologia.net, o melhor podcast para fotógrafos com conteúdo inteiramente gratuito para você!

fb.com/fotologiacast
Twitter.com/fotologiacast
fotologia.net

vídeo sobre o assunto:

Assine: iTunes | Android | RSS

Compartilhe isso:

Envie o seu comentário

Últimos Podcasts