VENDA FOTO A FOTO - Dicas para não errar e lucrar mais

“Tento trabalhar com venda foto a foto, porém há uma lacuna. Muitas clientes querem somente poucas fotos, como 2, 4 ou no máximo 5 e o rendimento é pequeno. O que se pode fazer nesse sentido?”

Existem alguns sintomas que podem estar ocorrendo para isso acontecer, se você já teve problemas como o do nosso ouvinte, isso vai te ajudar bastante:

Problemas que atrapalham na venda foto a foto:

1 – Público mal direcionado

Você pode estar trazendo o público que está só interessado no presente mesmo porque está endividado. Se as pessoas estão apertadas financeiramente é complicado elas fazerem compras maiores. Isso pode acontecer em inversões de risco mais abertas, mas normalmente não é o motivo principal do problemas das vendas.

2 – Oferta errada

Se você chegar na hora da venda assustando o cliente com a soma do valor total ou falando “quanto que você pode gastar?”, é complicado se dar bem com ele. Por isso, é importante elaborar bem a oferta, montar pacotes e criar vantagens para o cliente que compra mais. Outra dica é falar para o cliente selecionar o que ele gostou sem compromisso e, a partir disso, fazer uma oferta.

Além disso tudo, é importante ter opções de parcelamento. Afinal, é difícil querer fazer uma venda grande com pagamento na hora. As opções de parcelamento facilitam bastante a compra do cliente porque ele olha o valor da parcela, não o valor final da compra.

3 – Melhorar a foto

É importante fazer uma análise crítica do seu trabalho. Porque pode acontecer de não ser um produto tão atraente para os seus clientes. Por isso, é importante você aprimorar o seu trabalho por completo.

O jogo da seleção de fotos

Outra ideia é criar objetivos para o cliente, como num jogo. Por exemplo, “se você selecionar 40 fotos, você ganha os arquivos digitais”. Desse modo, o cliente tem a meta de chegar no nível das 40 fotos para ter esse privilégio.

Se você não diz para as pessoas quantas fotos, normalmente, têm no book é complicado fazer com que elas queiram. Se você diz que são apenas 5 fotos, as pessoas vão comprar apenas as 5 fotos. Afinal, o profissional é você.

As pessoas vão se basear no que você diz que é o essencial e nós temos como provar isso.

Exemplo:

O Gustavo testou no Studio dele, após anos, subir do pacote mínimo de 10 fotos para 20 fotos. Quando a mudança ocorreu, ninguém reclamou e continuou comprando satisfeito a partir de 20 fotos.

Quando subiu para 30, a parcela ficou pesada para o pessoal. Mas aí ele começou a trabalhar com alguns objetivos como:

  • 20 fotos: ganha arquivos em baixa resolução.
  • 25 fotos: ganha arquivos em média resolução (inventamos a média resolução pra criar uma vantagem pra o cliente hahaha).
  • 30 fotos: um aumento no tamanho de 15×22 pra 20×25 ou 20×30.
  • 40 fotos: ganha uma moldura ou um porta-retrato.
  • 50 fotos: ganha arquivos em alta resolução.

A cada metinha alcançada ia sendo recebido um prêmio, o que dava mais vantagens para o cliente!

Isso é uma estratégia honesta, em que tanto o cliente como você sai satisfeito.

Antes de pensar em qualquer desculpa, teste! Isso é algo que o Gustavo testou em mais de 20 anos de experiência!

_______________________

Se você curtiu essa discussão e quer aprender mais sobre fotografia, nos acompanhe nas redes sociais e navegue no nosso site. Esse é o melhor podcast para fotógrafos e com conteúdo inteiramente gratuito para você!

Facebook | Instagram | Twitter

vídeo sobre o assunto:

//www.fotologia.net" frameborder="0" allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen>

Assine: iTunes | Android | RSS

Compartilhe isso:

Envie o seu comentário

Últimos Podcasts